O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

terça-feira, 8 de abril de 2014

Projeto da Pastoral da Mulher BH é selecionado pelo Ministério da Justiça e Unodc para ações de enfrentamento ao tráfico de pessoas

Esta parceria faz com que a Pastoral realize, ao longo de 2014, uma série de ações importantes.

A Pastoral da Mulher BH - Unidade Oblata em Minas Gerais, foi uma das seis Entidades selecionadas pela Secretaria Nacional de Justiça e pelo  UNODC - Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime,  para induzir ações de prevenção ao tráfico de pessoas.

O projeto da Pastoral e das demais instituições selecionadas, expressa a ideia de todas elas se comprometeram em promover uma abordagem adequada e de acordo com os compromissos nacionais e internacionais assumidos pelo Estado brasileiro, numa perspectiva de promoção de direitos humanos. Também deverão incentivar a aproximação da sociedade brasileira com a temática do tráfico de pessoas, para que possam ter mais informações sobre a existência e a complexidade de tal fenômeno e auxiliar no desenho de estratégias e ações de prevenção.

Os seis projetos selecionados no edital 24/2013, da Secretaria Nacional de Justiça e do UNODC, participaram em Brasília, no último dia 3 de abril, da Oficina de Alinhamento de Projetos na área de prevenção e enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. O objetivo era definir diretrizes para  padronizar a metodologia de geração de conhecimento dos projetos para fins de replicação. O coordenador da Pastoral da Mulher de BH, José Manuel Lazaro Uriol, participou da Oficina em Brasília, representando a Unidade Oblata.

Durante a Oficina cada Instituição apresentou o projeto apresentado e selecionado. Os responsáveis da Secretaria Nacional de Justiça e do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, contextualizaram o desenvolvimento dos projetos no âmbito da Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. O Encontro terminou com a definição conjunta das diretrizes metodológicas para geração de conhecimento e replicação dos projetos de prevenção ao tráfico.

Como consequência desta parceria a Pastoral da Mulher de BH realizará ao longo de 2014 uma série de importantes ações de sensibilização e prevenção ao tráfico de seres humanos, que é um objetivo de toda Rede de Pastoral Oblata distribuídas no Brasil e no mundo.

As instituições selecionadas foram: Gerando Vida (RJ); GGLOS LGBT (PI); GTP+ (PE); Pastoral da Mulher BH - Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor (MG); Projeto Legal/Projeto Trama(RJ) e Sodireitos (PA).

Sentado, posando para foto, o coordenador da Pastoral da Mulher de BH, José Manuel Uriol.

Fonte: Pastoral da Mulher de BH

Voltar 


maio 2018
 DSTQQSS
S  12345
S6789101112
S13141516171819
S20212223242526
S2728293031  









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069