O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Pastoral realiza formação para o Encontro da Rede 2015 e recepciona Ir. Pilar na chegada em BH

A equipe deu as boas vindas à Ir. Pilar Laria.

No período em que se celebram os 80 anos da chegada das Irmãs Oblatas ao Brasil, a equipe da Pastoral da Mulher de Belo Horizonte (Unidade Oblata em Minas Gerais), se reuniu para preparar o Encontro da Rede Oblata 2015. A reunião serviu também para dar as boas vindas à Ir. Pilar Laria, que depois de oito anos trabalhando no Projeto Força Feminina, em Salvador, reincorporou-se à Pastoral de BH.

O Encontro da Rede Oblata de 2015 terá como tema: “Educação e Assistência Social a luz da Espiritualidade Oblata”. Hoje (03/02) foi trabalhado o texto: “A Prostituição e as casas de jogos”,  analisando as semelhanças e diferenças entre a situação das mulheres que exerciam a prostituição na Espanha no século XIX (momento e lugar em que a Congregação das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor foi fundada) e a realidade atual no Brasil.

Analisando os contextos sociais, políticos e econômicos, chegamos à conclusão de que discriminação, estigma, vitimização, criminalização e outras violações de direitos humanos, continuam hoje presentes. Na reunião foi abordado, também, a negligência dos governos e o moralismo social, assim como os diferentes aspectos que mantém a cadeia de desigualdades sociais e reforçam a feminização da pobreza.

Para concluir, foi compartilhado os elementos da espiritualidade Oblata que sustentam, cotidianamente, o enfrentamento e desafios da missão.


Fonte: Pastoral da Mulher de Belo Horizonte

Voltar 


outubro 2017
 DSTQQSS
S1234567
S891011121314
S15161718192021
S22232425262728
S293031    









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069