O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

quarta-feira, 18 de março de 2015

Pastoral de BH retoma visitas às mulheres na região da Pampulha

As mulheres foram receptivas com as agentes da Pastoral.

Na última terça-feira, 17 de março, a equipe da Pastoral da Mulher de Belo Horizonte retomou as visitas às mulheres em situação de prostituição nas ruas da região da Pampulha, particularmente na Rua dos Estados - local considerado privilegiado em Belo Horizonte por se destacar por seu turismo ecológico, cultural e de lazer.

As mulheres que batalham na região foram receptivas com as agentes da Pastoral, e afirmaram que será de extrema importância presença das agentes no local, uma vez que, a grande maioria das mulheres precisam de orientação e conscientização, principalmente com relação às questões de saúde.

“É um trabalho desafiador. Pois, juntamente com as mulheres, encontram-se, nas ruas, muitos travestis. Neste primeiro momento estamos observando, conhecendo a realidade e criando vínculo com as mulheres para que possamos, em equipe, definir quais serão as melhores estratégias de atendimento e acompanhamento deste publico”, comenta a agente da Pastoral.

Dessa forma, a Rede Oblata, vai abrindo espaços de trabalho em prol da vida e dignidade da Mulher, principalmente aquela que vive em contexto de prostituição.


Fonte: Pastoral da Mulher de Belo Horizonte

Voltar 


junho 2017
 DSTQQSS
S    123
S45678910
S11121314151617
S18192021222324
S252627282930 









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069