O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Pastoral de BH celebra os 33 anos de atividade e reforça a Campanha "Diálogos pela Liberdade"

A Pastoral foi fundada em 1982.

Na última quarta-feira (16/09), a Pastoral da Mulher de BH celebrou o seu 33º aniversario, contanto com numerosa presença das mulheres que lotaram o espaço do Cantinho da Paz, na sede da Unidade Oblata.

O evento serviu também, na primeira parte da tarde, para apresentar publicamente o projeto Diálogos pela Liberdade, promovido pela Pastoral e apoiado por Misereor, que visa atuar  em dois âmbitos diferenciados e, ao mesmo tempo, inter-relacionados:

1º - O enfrentamento do estigma que sofrem as mulheres que exercem a prostituição, para o qual, o Projeto, foca a sensibilização social a fim de diminuir o preconceito e a discriminação;

2º - A promoção dos direitos humanos destas mulheres focando seu empoderamento.

Deste modo, foram apresentados os instrumentos de comunicação, elaborados com esta finalidade: a revista em quadrinhos (mangá) “As garotas do hotel”, os cartazes e panfletos que visam conscientizar os clientes e a sociedade em geral contra o preconceito, bem como os vídeos que serão divulgados nas redes sociais e na mídia, com o mesmo objetivo.

Nanda Soares, roteirista dos vídeos  e criadora dos instrumentos de comunicação do Projeto Diálogos pela Liberdade, explicou  o sentido e o propósito dos instrumentos elaborados, partilhando com tod@s, como se deu a idealização e produção dos spots audiovisuais em defesa das mulheres que exercem a  prostituição. Na oportunidade foi reforçado à equipe e convidados, sobre o Seminário “A prostituição: uma abordagem desde os direitos humanos”, que se realizará nos dias 23 e 24 de setembro (Horário:  13h às 18h) na Escola Superior Dom Helder Câmara (Rua Álvares Maciel - 628 - Santa Efigênia).

Dando continuidade, a emoção tomou conta da tarde com a  memória e ação de graças pelos 33 anos de luta da Pastoral. A Ir. Ivoni  Grando, do Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor,   uma das que irmãs que iniciaram os trabalhos na fundação da Pastoral de BH, no ano de 1982,  hoje presente na Unidade,  explicou sobre o início das atividades da Pastoral na época, fazendo uma síntese histórica; lembrou-se das irmãs, voluntários e mulheres que foram passando ao longo dos anos pela Pastoral. A Ir. Pilar Laria declamou um poema belíssimo em homenagem a este dia. As demais Irmãs Oblatas que também compõem a Equipe atual da Pastoral, Leonira Camattta,  Amélia Cesconato e Evelyn Caroline ajudaram no desenvolvimento da celebração. Todas, com sua generosa entrega à causa da mulher em situação de prostituição, junto com outras irmãs que passaram pela Pastoral de BH, fizeram e fazem possível manter a missão e a esperança que sustenta à Pastoral da Mulher e todos os Projetos Oblatas. Além da engajada equipe de profissionais e voluntários que colaboram neste trabalho.

A celebração dos 33 anos da Pastoral da Mulher de BH pode contar com o presença de Iracema Soares, da Rede Sagrado-REAJE, que animou a todos com acompanhamento musical. Não faltando também, o lanche e o bolo de aniversário para completar a festa.

A Pastoral da Mulher de Belo Horizonte agradece a presença de todas as mulheres na festa de aniversário da Unidade, bem como as Entidades parceiras e amigas, como, por exemplo, a Sociedade Civil Casas de Educação (das Irmãs do Sagrado Coração de Maria) representadas por Iracema Sores, à Escola de Enfermagem da UFMG (representadas por quatro das estudantes que desenvolvem conosco as Oficinas de saúde) e também a APROSMIG – Associação das Prostitutas de Minas Gerais.

Nanda Soares

Material que será distribuído no Seminário e com as mulheres atendidas.

Ir. Pilar e Ir Ivoni

Ir Leonira

Ir. Amélia e Ir. Evelyn

Iracema Soares

Fonte: Pastoral da Mulher de Belo Horizonte/ AssCom

Voltar 


julho 2017
 DSTQQSS
S      1
S2345678
S9101112131415
S16171819202122
S23242526272829
S3031     









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069