O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Encontro das equipes de gestão

A equipe contou com a presença do Assessor de Projetos Pastorais, Daniel Reck.

Aconteceu nos dias 17, 18 e 19 de novembro na Casa La Salle no bairro Guilhermina em São Paulo, o encontro das equipes de gestão das Unidades Pastorais do Brasil estando presentes as responsáveis pela coordenação e administração e algumas irmãs que atuam na pastoral local, as representantes dos Projetos Provinciais de Animação Vocacional e de Comunicação junto com as componentes da Equipe Administrativa do Brasil. Este encontrou contou com a presença de Daniel Reck, assessor metodológico, e Ir. Lúcia Alves, responsável provincial pelo acompanhamento às Unidades da Rede de Pastoral Oblata.

No primeiro dia de trabalho o grupo se dedicou à socialização da avaliação que foi realizada este ano em cada Unidade assim como o que está sendo planejado, a partir da avaliação, para o ano de 2016. Nesse sentido o assessor Daniel Reck coordenou um diálogo sobre essas avaliações, as estratégias utilizadas, os desafios encontrados, as perspectivas de seguimento e foram surgindo vários aspectos e temas que precisam ser retomados e aprofundados pelas equipes locais.

Foram também debatidas em grupo algumas questões como a realidade da prostituição das mulheres que são acompanhadas e a sua relação com as perspectivas futuras de atuação dos projetos e como essas perspectivas têm a ver com a nossa atuação futura e se relacionam com a missão Oblata.

No segundo dia o assessor seguiu estimulando a reflexão do grupo com temas doutrinários de debate político assim como aspectos operacionais, encaminhamentos e decisões, destacando cinco pontos: a Rede Oblata, o tema da prostituição, a questão da espiritualidade, o protagonismo das mulheres, o advocacy e a questão sócio ambiental.

Diante da complexidade e abrangência das questões que envolvem a Missão Oblata, o grupo assumiu estudar e aprofundar nas Unidades, realizar encontros regionais este ano (Juazeiro e Salvador) e (Santo Amaro e Belo Horizonte), projetando o Encontro Formativo da Rede para o ano de 2017.

No terceiro dia a equipe administrativa do Brasil se reuniu com cada Unidade para refletirem juntas sobre a Previsão Orçamentária para o próximo ano.


Fonte: Por Ir. Beatriz Paixão

Voltar 


outubro 2017
 DSTQQSS
S1234567
S891011121314
S15161718192021
S22232425262728
S293031    









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069