O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Pastoral da Mulher de Juazeiro é eleita Presidente do Conselho de Assistência Social

Fernanda Lins assume representando a Pastoral da Mulher de Juazeiro/BA

No último dia 24 de maio, a Pastoral da Mulher de Juazeiro, Unidade Oblata no Vale do São Francisco, foi eleita para a Presidência do Conselho de Assistência Social de Juazeiro/BA, representando a sociedade civil. A função de Presidente será assumida por Fernanda Lins, coordenadora da Pastoral da Mulher, representante do Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, da qual a instituição é vinculada. A vice-presidência será assumida por Jussara Rêgo, gerente de proteção básica do município de Juazeiro/BA.

O Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) é o órgão que reúne representantes do governo e da sociedade civil de composição plural e paritária, para discutir, estabelecer normas e fiscalizar a prestação de serviços sociais públicos e privados no Município. A criação dos conselhos municipais de assistência social está definida na Lei Orgânica da Assistência Social - Lei 8.742/1993, e são os principais canais de participação popular encontrada nas três instâncias de governo (federal, estadual e municipal).

“Temos claro que o CMAS está formalmente consolidado enquanto instância de controle social da política de Assistência Social, ou seja, um espaço de democracia participativa, onde a sociedade civil, cidadãos e cidadãs exercem a fiscalização sobre a esfera pública estatal. Daremos continuidade ao trabalho sério e responsável que sempre caracterizou esse Conselho, fortalecendo a participação das/os conselheiras/os na condução do acompanhamento da Política de Assistência Social”, destacou Fernanda Lins.

Desta forma, mais uma etapa foi conquistada pela Pastoral da Mulher de Juazeiro, que mantém a missão de defender e garantir os direitos das mulheres em situação de prostituição, alicerçados na Missão das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor.


Fonte: Pastoral da Mulher de Juazeiro / AssCom

Voltar 


agosto 2018
 DSTQQSS
S   1234
S567891011
S12131415161718
S19202122232425
S262728293031 









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069