O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Abertura do Encontro Formativo da Rede oblata

Direitos das mulheres que exercem a prostituição.

Hoje, dia 11 de setembro de 2017, iniciou-se o Encontro Formativo da Rede Oblata Brasil.

 A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

"Ao começar este novo Encontro Formativo, temos uma nova oportunidade para parar e refletir juntas sobre os temas pertinentes à nossa missão oblata. Nesses próximos dias, voltaremos nosso olhar contemplativo sobre os direitos das mulheres em contextos de prostituição. Por que o nosso olhar contemplativo? Porque elas merecem todo o nosso respeito, carinho, e, sobretudo, o nosso cuidado. Mais uma vez, queremos que este seja um espaço para crescer. Crescer na capacitação, na compreensão dos desafios comuns aos nossos projetos. E continuamos acreditando na dinâmica da Rede, pois juntas aprendemos e nos formamos. É um caminho que realizamos pouco a pouco e, na medida em que avançamos no conhecimento, sentimos a necessidade de seguir aprofundando sobre os desafios que vêm da própria realidade que nos toca. 

Por isso, é preciso nos colocar em atitude de escuta e responsabilidade, a fim de melhor respondermos às demandas do dia a dia junto às mulheres que atendemos. Agradecemos a colaboração, participação e esforço de todas e todos para preparar este encontro. (Ir. Analita Albani)

 A imagem pode conter: 2 pessoas

Na dinâmica da espiritualidade, ir. Alejandra Mancebo iniciou pedindo que a luz de Jesus se faça presente no nosso meio e trouxe o mantra "ó Luz vem, vem brilha. Ó luz vem ficar conosco, vem nos dar a paz, vem nos transformar." Essa luz que nos acompanha é o próprio Santíssimo Redentor. Cs. 7


A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e texto

A bíblia foi trazida por Ir. Paula, que leu o Evangelho de São Lucas 4 14-21 e comentou: "este texto nos mostra o grande sonho de Deus para nós: liberdade, vida... este sonho de libertação é de todos nós. Antonia nos mostrou este Jesus através de uma pedagogia.

A imagem pode conter: 3 pessoas, área interna

Em seguida, o texto pombinho de Jerez, lido por ir. Priscila, trouxe a metáfora do pássaro atado, que norteou a atividade seguinte, na qual era preciso desatar os nós, se livrar das amarras para proporcionar a troca de experiências, de sentimentos, a expressão de si  na comunhão com as mulheres.


A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área interna

"Antonia nos deixou detalhes de como caminhar com as mulheres neste caminho de libertação".

Assim, a família #oblata foi convidada para expressar palavras que manifestassem como Jesus gostaria de viver essa missão. Cada participante cortou as costuras que atavam pequenos pombos de feltro, representando o pombinho de Jerez, e escreveram uma palavra que representasse um valor/atitude que consideram indispensáveis para caminhar na missão junto às mulheres.

 A imagem pode conter: texto

“É Preciso ir cortando pouco a pouco esses fiozinhos que as mantém aprisionadas, sem ferir a parte enferma, com carinho, com heroísmo, com paciência.” Madre Antonia (BHI pág. 403)

E então, a união de valores e atitudes comuns vieram à tona:

Paciência;

Perseverança;

Acolhida;

Respeito;

Compaixão;

Escuta;

Cuidado;

Compreensão;

Empatia;

Justiça;

Ternura;

Empoderamento;

Amor.

 Ir. Alejandra lembra que não estamos sozinhas neste caminho que fazemos e convidou a trocar com o colega a pombinha com o valor/atitude que escreveram.

O momento de reflexão foi concluído com uma dança circular acompanhada pela canção "Entra na roda com a gente".

 A imagem pode conter: 5 pessoas

O dia de encontro foi encerrado por ir. Lúcia e ir. Florinda, que ressaltaram as boas-vindas e os objetivos do encontro. Ir. Evelyn conduziu a apresentação das equipes dos projetos, que foi embalada pela canção "Olaria de Deus".


A imagem pode conter: 4 pessoas, texto

Voltar 


abril 2018
 DSTQQSS
S1234567
S891011121314
S15161718192021
S22232425262728
S2930     









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069