O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Seminário Estadual debate comercialização justa e solidária no Ceará

"A Economia Solidária não trabalha apenas para vender, mas para constituir parcerias com o consumidor, para dialogar com ele sobre a questão do consumo consciente"

Discutir estratégias de desenvolvimento da Economia Solidária. Esse é um dos objetivos do Seminário Estadual de Comercialização Solidária, que acontecerá na próxima sexta-feira (30), no auditório do Instituto Teológico Pastoral do Ceará (Itep), mais conhecido como Seminário da Prainha, em Fortaleza, Ceará, região Nordeste do Brasil.

De acordo com Eliana Nobre, do Instituto Marista de Solidariedade (IMS) e da Rede Cearense de Socioeconomia Solidária (RCSES), a ideia é reunir pessoas e entidades de várias partes do Ceará que têm a preocupação de trabalhar com o comércio justo e solidário para discutir estratégias de desenvolvimento no estado. "A discussão se dá a partir das experiências já existentes para fortalecer e ampliar as energias", comenta.

Eliana ressalta que a intenção principal do seminário é debater sobre a importância da construção de uma nova maneira de consumir. "O objetivo é trabalhar no Ceará os conceitos de Economia Solidária para construir novos mercados e um mundo mais justo", afirma, lembrando que outros estados do país já realizaram - ou ainda promoverão - seminários semelhantes.

Com uma maneira diferente de produzir e de comercializar, a Economia Solidária se preocupa em trabalhar de forma justa e solidária, sem explorar os recursos naturais e o homem. Para a integrante do IMS, a Economia Solidária baseia-se no respeito à natureza e no consumo consciente. "A ideia é fomentar a comercialização responsável", resume.

Eliana ainda lembra que a preocupação com esse aspecto não deve ser apenas do produtor, mas também do consumidor. E é por isso que a Economia Solidária leva em consideração a educação para o consumo responsável. "A Economia Solidária não trabalha apenas para vender, mas para constituir parcerias com o consumidor, para dialogar com ele sobre a questão do consumo consciente", afirma.

Questão que, para ela, ainda é um dos principais desafios enfrentados pelas pessoas e entidades que trabalham com Economia Solidária no Brasil. Na opinião dela, o "consumismo selvagem e a falta de educação cidadã" - tanto a aprendida em casa quanto na escola - ainda são aspectos que precisam ser enfrentados. "A educação do brasileiro se dá principalmente pela televisão, que estimula o consumo", acredita.

O Seminário Estadual de Comercialização Solidária do Ceará acontece na próxima sexta-feira, de 8h30 às 17h, no auditório do Seminário da Prainha (Av. Dom Manuel, 3 - Praia de Iracema), e é promovido pela Rede Cearense de Socioeconomia Solidária (RCSES), Cáritas Arquidiocesana de Fortaleza e pelo Projeto Nacional de Comercialização Solidária.

Por Karol Assunção

Fonte: Adital

29/07/2010

Voltar 


setembro 2018
 DSTQQSS
S      1
S2345678
S9101112131415
S16171819202122
S23242526272829
S30      









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069