O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

terça-feira, 7 de agosto de 2012

48ª AGE conta com a participação das Irmãs Oblatas

O evento que teve como tema "A Identidade da Vida Religiosa Consagrada Hoje" e o Lema: "Reavivar o Dom de Deus" (2Tm 1,6).

A 48ª Assembleia Geral Eletiva, da CRB Regional São Paulo, que aconteceu nos dias 03, 04 e 05 de Agosto de 2012, contou com a presença e participação das Irmãs Ivoni Grando, Maria Florinda, Lúcia Alves, Manuela Rodriguez e Roseli Consoli – Oblatas do Santíssimo Redentor.


Ir. Ivoni Grando (E) e Ir. Roseli Consoli (D) representando as Irmãs Oblatas.

O evento que teve como tema "A Identidade da Vida Religiosa Consagrada Hoje" e o  Lema: "Reavivar o Dom de Deus" (2Tm 1,6), foi realizado no  Santuário Nossa Senhora de Fátima, Bairro Sumaré. A assembleia também foi marcada por um espírito de alegria, fraternidade, esperança e de confiança na caminhada da Vida Religiosa Consagrada no Estado de São Paulo, o evento envolveu cerca de 230 religiosos e religiosas.

A presidente da CRB/Regional São Paulo, irmã Geni dos Santos Camargo, disse que o tema escolhido é mais um passo para a VRC seguir no contexto atual. "Em meio aos grandes desafios do mundo complexo e plural da realidade da Igreja e da Vida Religiosa Consagrada, a Palavra de Deus nos impulsiona a avançar com os ‘olhos fixos em Jesus" (Hb 12,2). Também queremos reafirmar nossa identidade místico-profética e reavivar a paixão pelo Reino, no defender e promover a vida, assumindo a causa dos empobrecidos e construindo relações humanas, fraternas e solidárias".
A assembleia contou com assessoria da irmã Lucia Weiler, professora e doutora em Teologia, para uma abordagem bíblico-teológica da identidade da Vida Religiosa Consagrada hoje, e de Pedro Ribeiro, professor e doutor em Sociologia que explanou e apresentou a análise da realidade da VRC no contexto atual.


Pedro Ribeiro, professor e doutor em Sociologia

Em sua fala, Pedro mostrou que o contexto atual é caracterizado por uma mudança de época; pós-modernidade; choque de civilização; globalização; relativismo; aquecimento global e crise do capitalismo. Segundo ele, a sociedade global dá claros sinais de colapso e exige novas formas de organização, com transformações amplas e profundas. A globalização, pautada no paradigma do lucro, da produtividade, do crescimento econômico, precisa ser substituída por uma globalização solidária, pautada numa sociedade de partilha e de desenvolvimento econômico que visa o desenvolvimento humano e não apenas a expansão do mercado e do capital. A Vida Religiosa, portanto, pode colaborar muito na construção de uma sociedade fundamentada em novos valores, testemunhando a primazia da vida e da dignidade humana frente ao lucro, ao consumo e a acumulação de riquezas.

Refletindo sobre a compreensão e a identidade ou as identidades de um grupo sócio-religioso, a Ir. Lucia Weiler disse que é preciso situá-lo em seu contexto, desde o momento de sua emergência dentro da história, vista numa dinâmica criativa, e não apenas sucessivamente no presente, passado e futuro. E que, embora a Vida Religiosa não possa ser reduzida a um simples grupo sócio-religioso ou a um organismo sócio cultural religioso, por ser animada pelos carismas (dom do Espírito à Igreja), ela também apresenta uma figura histórica institucional e mutável, de acordo com as tendências do respectivo momento. Assim, nosso olhar reflexivo sobre a identidade da Vida Religiosa, deve, necessariamente, ser contextualizado a partir de dentro das mutações que ocorrem na realidade social, cultural, religiosa e eclesial, completou Weiler.

Durante o evento, foi eleita a Diretoria da CRB-Regional São Paulo, que assim ficou composta:

• Irmã Geni dos Santos Camargo, da Congregação Sagrada Família de Bordeaux, reeleita presidente da CRB/Regional São Paulo,
• Irmã Antonia Dal Mas, Congregação Missionária de Maria Imaculada;
• Irmã Maria Filomena Mecabô, Congregação Imaculada Conceição de Catres;
• Padre Jorge Sampaio, Congregação do Santíssimo Redentor, e
• Irmã Tania Baggio, da Congregação Missionária de Ação Paroquial.

Confira abaixo alguns registros do evento.















Fonte: ASCOMRedeOblatas, Fonte: CRB / http://www.crbsp.org.br

Voltar 


setembro 2018
 DSTQQSS
S      1
S2345678
S9101112131415
S16171819202122
S23242526272829
S30      









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069