O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Madre Geral da Congregação Oblata envia artigo em homenagem a Dom José Rodrigues

Foi a paixão por Jesus e sua missão que levou a José Rodrigues a entrar na Congregação do Santíssimo Redentor.

A Páscoa de Dom José Rodrigues. Redentorista, bispo, místico e profeta
 
Aquilo do que te apaixonas, o que arrebata tua imaginação atingirá tudo aquilo que toques... Determinará o que te faz levantar de manhã, o que farás no entardecer, a leitura que fazes, a quem conheças, o que te quebra o coração e o que te enche de surpresas.
 
Foi a paixão por Jesus e sua missão que levou a José Rodrigues a entrar na Congregação do Santíssimo Redentor.
 
A missão encomendada à Congregação de evengelizar os pobres, compreeende a libertação e salvação de toda pessoa humana. Os congregados devem proclamar explicitamente o Evangelho, solidarizar-se com os pobres e promover seus direitos fundamentais de justiça e liberdade, empregando os meios que são mais conformes com o Evangelho e por sua vez mais eficazes... Em seu  anúncio proclamam de maneira especial a Redenção Copiosa, ou seja, o amor do Pai "que nos amou primeiro e nos enviou a seu Filho..." (cfr.Cs5).
 
Que bem compreendeu Dom José o Espírito das Constituições!
Quanta ternura e firmeza ao mesmo tempo!
Ele queria oferecer o melhor serviço à missão e para isto se especializou em Catequese e Pastoral em Bruxelas. Voltou para o Brasil, terra natal, onde se entrega a trabalho missionário em São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Amazônia.
 
Em 1970 foi eleito Superior Provincial dos Missinários Redentoristas de Goiás e Distrito Federal. Mas o Senhor lhe tinha reservado uma nova parcela, onde sua vocação redentorista ia realizar-ze com toda sua energia de místico e profeta.
 
Em 1975 foi sagrado Bispo da diocese de Juazeiro, situada no nordeste do Brasil, onde a terra é abrasada pelo sol e a converte na maior parte do tempo em autêntico deserto. Pronto, irá descobrir a paixão que implica viver a missão de anunciar a boa notícia aos pobres. A construção da hidrelétrica de Sobradinho, arranca mais de 70.000 pessoas de suas próprias raízes, e isto aguça nele a sua capacidade de luta, sua solidariedade com o povo excluído, sua defesa incansável dos mais pobres, o que lhe acarreta duras e repetidas acusações e ameaças por parte dos poderosos.
 
Dom José costuma a contemplar tudo aquilo que lhe rodeia e a tomar partido. Como Jesus contempla também a natureza. Sabe que igual que o "mandacaru" (cactus prórpio do lugar), que mesmo  crescendo em terrenos desérticos e pedregosos, acumula no seu interior toda a humidade absorvida por suas raízes; sabe que é possível despertar no coração de homens e mulheres tudo o que há neles de compaixão, desejo de justiça e promove dentro de sua diocese diferentes pastorais: da terra, infância, juventude, saúde, pescadores, prisões, da mulher marginalizada... de comunicação, audio visual, criação de uma grande biblioteca, programação no rádio, televisão, jornais, etc.
 
O passado domingo, como o mandacaru que quando entardece abre suas lindas flores brancas e quando amanhece do dia seguinte morrem para dar passo ao fruto, Dom José nos deixou para ir à casa do Pai. Os habitantes do lugar dizem que quando o mandacaru floresce é porque vem a chuva que naquele deserto é uma bênção. Toda uma promesa dos céus novos e nova terra que anunciou Dom José.
 
A Pastoral da Mulher Marginalizada de Juazeiro, que hoje tem à frente o Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, reafirma o compromisso de continuar o legado que "Dom José Rodrigues", irmão e companheiro de caminho, redentorista e bispo, que compartilhava com outro bispo, "José Maria Benito Serra", nosso fundador: Viver a compaixão e a justiça com as mulheres que exercem prostituição e são vítimas de tráfico para a exploração sexual.
 
Certamente, aquelas que se encontram na casa do Pai, o terão recebido e dito: porque tive fome de pão, de cultura, de dignidade, de justiça e nos deste de comer. Porque nos defendeste quando ninguém dava crédito a nosso testemunho... Porque, como Jesus não teve inconveniente em caminhar conosco, deixar tocar e dizer: mulher tua fé te salvou... Porque abriu de par em par as portas da catedral de Juazeiro e juntas pudemos chamar a Deus de Pai Nosso, porque nos ensinou a colocar em Nossa Senhora das Grotas nossa esperança... Por tantos outros porquês ENTRA A PARTICIPAR DA ALEGRIA DO TEU SENHOR.


Maria Luisa del Pozo - OSR

Coordenadora Geral da Congregação das
Irmãs Oblatas do Ssmo Redentor - Madri-Espanha

Voltar 


junho 2017
 DSTQQSS
S    123
S45678910
S11121314151617
S18192021222324
S252627282930 









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069